Toda luz que não podemos ver

Engana-se quem pensa que todas as histórias sobre a Segunda Guerra Mundial já foram contadas. Não existem histórias inéditas, mas apenas novas maneiras de contar velhas histórias. Partindo de tais premissas, Anthony Doerr, professor de história, ambienta seu mais novo romance entre a França e a Alemanha durante os conturbados anos da Segunda Grande Guerra.

Marie-Laure é a filha do chaveiro do Museu de História Natural na Paris dos anos trinta, que perde a visão aos seis anos de idade. Para guiar a filha em sua escuridão, o chaveiro constrói uma engenhosa e elaborada maquete do bairro onde moram. Quando Paris é ocupada pelos alemães, no início dos anos quarenta, Marie-Laure e seu pai são obrigados a se refugiarem na histórica ilha de Saint-Malo, onde vive o tio-avó da menina, num enorme sobrado à beira mar. Levam consigo um grande tesouro arqueológico.

Werner e sua irmã Jutta são órfãos das minas de carvão da região de Essen, na Alemanha, e moram na Casa das Crianças. Eles crescem em meio inúmeras dificuldades até que Werner descobre sua paixão pelo rádio-transmissor, o grande aparato tecnológico da Segunda Guerra. Sua incomum habilidade em lidar com esse aparelho torna-se seu passaporte para uma vida melhor junto ao exército alemão.

Os destinos desses jovens se cruzam no derradeiro ataque à última resistência alemã, na espetacular ilha conhecida como a joia da Costa Esmeralda. A luta pela sobrevivência, a dor da perda e sobretudo o amadurecimento dos jovens em meio aos sombrios tempos de guerra são a marca desse romance histórico arrebatador. Uma história de amor e esperança, arrependimento e generosidade, sobre o que só a alma humana é capaz de enxergar.

Anthony Doerr, 2014

Título original: All the light we cannot see

Kamila
Kamila

A Autora Sou Kamila, 33 anos, formada em Turismo e Técnico em Informática na ETEC. Conheci o mundo dos blogs em 2002. Na época os blogs eram mais para uso pessoal, quase um diário. Além de escrever, também era eu quem criava os layouts (mais conhecidos como templates) e toda a parte visual do blog, porém não achei sustentável continuar com um “diário” virtual. Sou apaixonada pelas cinco artes.

CINCO DAS ARTES

Seja Muito Bem Vindo(a) ao Blog Cinco das Artes! Um Local para falar, refletir, documentar, sugestionar e divulgar as 5 Principais Artes de Nossas Vidas: Música, Cinema, Teatro, Dança e Literatura! Fique a vontade em deixar seu Recado! Obrigada pela Visita e Volte Sempre!