[Resenha] Insônia

Editora: Amazon
Gênero: Romance Sobrenatural
Série: Nefilins | Livro 1
Páginas: 324
Classificação: 

Sinopse: Suzanna foi a única sobrevivente do acidente que matou seus pais, salva por alguém que ninguém acredita existir. Quando está perto de completar dezoito anos, coisas estranhas passam a acontecer envolvendo este homem misterioso. Dois rapazes surgem em sua vida, que parecem saber muito mais sobre ela do que revelam. O que ela desconhece é que uma simples escolha poderá alterar o destino de sua alma. 

Insônia

Suzanna perdeu seus pais quando era criança em um acidente de carro, eles estavam indo visitar seus avós quando tudo ficou escuro. Ela jura que alguém a tirou de dentro do carro, porém ninguém acredita nela dizendo que foi arremessada para fora com o impacto. 
Depois disso Suzanna foi morar com seus avós, sua vida era boa, sempre teve tudo que precisava para se sentir confortável e feliz, era tratada por seus avós como se fosse uma filha, porém ela se sentia sozinha e culpada. Todas as madrugadas, as 3 horas, ela acordava de pesadelos perturbadores e não conseguia mais voltar a dormir. Para aplacar a agonia da insônia, Suzanna pegava seu livro e ia ler recostada na árvore da casa vizinha, mas certa noite ela foi pega.

“Acredito, às vezes, que esse vazio dolorido que me inunda nas madrugadas é porque sobrevivi e eles não. O estranho é que, da mesma forma que esse pensamento me sobressalta, outro o sobrepõe e parece não ser meu: Você não pode morrer, você sobreviveu para um propósito.”

Conhecemos então Pietro, sobrinho dos donos da casa vizinha. Apesar do medo de ser flagrada, Suzie se sente atraída por aquele homem sexy e misterioso… e no dia seguinte ele estava lá a esperando em mais uma noite de insônia. Suzie acaba indo dá um passeio com Pietro onde tudo ocorre de maneira muito misteriosa e surreal, deixando-a cada vez mais curiosa e atraída!
No dia seguinte, na escola, Suzanna conhece Arthur, um aluno novo arrogante e mal educado que parece conhece-la mais do que sua melhor amiga, o que a deixa muito intrigada e chama sua atenção. Porém o que ela não sabe é que ele deseja se aproximar nela e guarda inúmeros segredos.

Suzanna se torna próxima de Arthur e passa a questionar como ele sabe tanto sobre ela, e ele responde que ela está em perigo, e que quando seus pais morreram estavam fugindo de algo, e além disso tudo, Pietro e Arthur são conhecidos e se odeiam, ambos afirmando que o outro é perigoso e que ela precisa confiar nele! Ou seja, Suzanna fica como nós, extremamente confusa e perdida!

“[…] ele encarava Arthur com os olhos escuros como quando nos vimos pela primeira esta tarde, Arthur não estava indiferente, encarava-o também com aquele tom esverdeado que vi agora a pouco. De repente, pensei que eles podiam se conhecer, a hostilidade entre eles era palpável.”

O livro se trata de um romance sobrenatural onde existem anjos, demônios e céu, e eu confesso que não sou muito fã desse gênero, mas o mistério do livro me ganhou, há algo a ser descoberto e eu amo isso! Ficamos o livro inteiro tentando descobrir quem é que está falando a verdade, em quem devemos confiar, Pietro ou Arthur? Será que os avós de Suzanna escondem algum segredo? Será que ela precisará se proteger de algum vilão super cruel? O que estava ameaçando os pais de Suzanna? São muitos questionamentos que precisam de respostas e é isso que nos faz seguir em frente com a história! O pior é que Suzanna se sente atraída por dois caras gatos sem saber quem é do bem e quem é do mal, como agir?

O amadurecimento de Suzanna muito bacana durante a história, e ela se descobre, entende os motivos de ser diferente, de se sentir só e de suas insônias, e isso é extremamente importante para suas tomadas de decisões. Insônia é um livro muito gostoso de se ler, e tem continuação (ebaaaaa), e é claaaaaro que o final seria de deixar nossos cabelos em pé. Recomendo muito a leitura, Mari Scotti sempre faz um lindo trabalho

Kamila
Kamila

A Autora Sou Kamila, 33 anos, formada em Turismo e Técnico em Informática na ETEC. Conheci o mundo dos blogs em 2002. Na época os blogs eram mais para uso pessoal, quase um diário. Além de escrever, também era eu quem criava os layouts (mais conhecidos como templates) e toda a parte visual do blog, porém não achei sustentável continuar com um “diário” virtual. Sou apaixonada pelas cinco artes.

CINCO DAS ARTES

Seja Muito Bem Vindo(a) ao Blog Cinco das Artes! Um Local para falar, refletir, documentar, sugestionar e divulgar as 5 Principais Artes de Nossas Vidas: Música, Cinema, Teatro, Dança e Literatura! Fique a vontade em deixar seu Recado! Obrigada pela Visita e Volte Sempre!