Demolidor Noir – Dica de Leitura

Saudações formas nerds sapientes, trago para vocês mais uma dica de leitura e dessa vez uma muito especial, um encadernado que não dei muita atenção quando vi na livraria, mas que depois de ganhar da esposa e ler com atenção, percebi que era uma HQ sensacional.

Demolidor Noir

Demolidor Noir, encadernado que faz parte da série noir,  tem entre outros contos em suas páginas, histórias de alguns dos grandes hérois ou grupos da Marvel Comics (Homem Aranha, Wolverine, X-Men, Homem de Ferro e agora o Demolidor), sendo sempre apresentados de forma sombria e calcado um pouco mais na realidade violenta que envolve esse universo.

Com roteiro de Alexander Irvine e arte de Tomm Coker, o encadernado do homem sem medo mostra um herói amargurado, frio e sedento por vingar a morte do pai, quase idêntico ao Demolidor original que conhecemos, mas o que difere o original dessa versão noir é não mostrar muito do demônio vermelho defensor da lei que preza pela justiça como habitual, nessa versão o instinto de vingança torna-se mais aparente e mcomo ele age contra os bandidos no decorrer da história na busca do assassino do seu pai.

Assim como em outras histórias da série noir da Casa das Ideias, os personagens e inimigos do universo já conhecido estão presentes  em Demolidor Noir, Foggy Nelson, seu amigo na agência de advogados nessa  história parece ser o chefe dele em um escritório de detetive particular, Wilson Fisk, conhecido como Rei do Crime e também seu arqui-inimigo, está presente como articulador dos crimes da trama.

No meio da história e patrulhas violentas do Demolidor ele descobre um assassino chamado Matador Implacável, que pelo seu estilo de assassinatos lembra muito um inimigo já conhecido do homem sem medo sendo mais articuloso, pois conseguem envolver o Demolidor em uma cilada à medida que a história avança.

Uma coisa que achei diferente e bem sacada é o uniforme do herói. Nesse universo violento que mistura partes do uniforme vermelho tradicional temos apenas um diferencial na máscara dele que lembra aquelas mascaras Noh japonesas, que dá a dica de onde ele aprendeu a dominar o sentido de radar, pois neste mundo, ele não sofreu um acidente com produtos radioativos que o levaram a cegueira e lhe deram poderes ampliados.

A história escrita por Alexander Irvine é bem desenvolvida para quatro edições que estão compiladas nesse encadernado, sendo bem pesada e violenta como as outras dessa série noir e isso com certeza levam leitores que gostam desse tipo de história, inclusive eu, a acompanhar essa série da Marvel. Outro ponto que me agradou muito foi a arte de Tomm Coker que utiliza com maestria o uso de texturas e retículas que juntamente com o seu traço causa um efeito foto-realístico em cada quadro e cena, além do acabamento desse encadernado que, para o padrão brasileiro, está excelente, pois barateia o valor desse encadernado para que todos possa adquiri-lo.

Se você é daqueles que gosta de histórias um pouco mais realistas, violentas e com um algo a mais, então, Demolidor Noir é um encadernado que vale a pena ter na sua coleção, tanto pelo custo/benefício quanto pela qualidade no seu material (impressão e acabamento).

Valeu pessoal e até a próxima dica de leitura.

Kamila
Kamila

A Autora Sou Kamila, 33 anos, formada em Turismo e Técnico em Informática na ETEC. Conheci o mundo dos blogs em 2002. Na época os blogs eram mais para uso pessoal, quase um diário. Além de escrever, também era eu quem criava os layouts (mais conhecidos como templates) e toda a parte visual do blog, porém não achei sustentável continuar com um “diário” virtual. Sou apaixonada pelas cinco artes.

CINCO DAS ARTES

Seja Muito Bem Vindo(a) ao Blog Cinco das Artes! Um Local para falar, refletir, documentar, sugestionar e divulgar as 5 Principais Artes de Nossas Vidas: Música, Cinema, Teatro, Dança e Literatura! Fique a vontade em deixar seu Recado! Obrigada pela Visita e Volte Sempre!