Hint Book #123 *Surpreendente

9.10.17


Olá, olá pessoal! Todos bem?!
Começando essa segunda, trago para vocês a resenha de Surpreendente, do autor Maurício Gomyde. Um livro que faz a gente entender um pouco mais da dificuldade de ser um deficiente visual.

Ficha Técnica
Autor: Maurício Gomyde
Editora: Intrínseca
Lançamento: 2015
Páginas: 272
ISBN: 9788580578089
Compre: Amazon.

Sinopse: Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente. O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o prêmio mais importante do cinema brasileiro. O problema: não ter a menor ideia de como fazer isso. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos em uma longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem, feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.


Opinião: Surpreendente é um livro que vai nos trazer a dor de Pedro que convive com a deficiência visual, com seus 25 anos e recém formado no curso de audio-visual, ele decide tentar novamente alcançar um de seus maiores sonhos, conquistar o prêmio de cinema brasileiro, Cacau de Ouro. E seus amigos, claro, vão ajudá-lo nessa jornada.

Numa primeira impressão, não gostei muito do personagem do Pedro, pois ele se torna uma pessoa muito revoltada devido à sua situação visual ao invés de tentar entender o lado bom que a vida lhe proporciona e se adaptar da melhor forma possível. Ok, entendo que uma deficiência nesse nível não é mesmo uma coisa fácil de aceitar, mas creio que sim, é possível perceber uma luz no caminho a nos guiar.


A narração é feita em terceira pessoa e conseguimos sentir todos os sentimentos de raiva, emoção, amizade que se espalha durante a leitura. Pedro e seus amigos vão embarcar numa aventura para gravar o filme e apresentar no festival. Nesse decorrer vemos a expectativa dele fazer um espetáculo de trabalho, no começo sem ter muitas ideias e passando noites sem dormir, mas a revolta com sua deficiência o leva a um único caminho.

É um livro gostoso de ler, e sim, dependendo do seu ponto de vista, você pode amar ou não gostar tanto assim dos personagens. Temos um grupo de amigos que vão enfrentar muita coisas juntos e nos transportar para talvez um sentimento bem profundo do que é amizade.

Uma leitura bem rápida de ser feita, apesar da tensão que nos acompanha. Temos também o relacionamento com os pais de Pedro, e suas dificuldades. Vemos como o ser humano não é nem um pouco solidário com seu próximo. Uma leitura que nos faz refletir sobre a vida, como somos abençoados com a vida que temos.

A parte visual do livro foi muito bem feita, capa e as primeiras folhas internas em um azul muito lindo. A diagramação também simples e fácil de acompanhar a escrita. E apesar da minha dificuldade de me apegar com os personagens, foi um livro interessante e no fundo, um pouco dolorido de ler também. E claro, aprendemos que cada ação tem sua consequência, e temos que aceitá-la, independente da dor.

Vocês já leram Surpreendente?! Comente aqui o que acharam!!!
Já leram algum outro livro do autor? Deixe sua sugestão!!! :)

Até a Próxima!!!
Beijos!!!


LEIA TAMBÉM

0 comentários

Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!