Hint Book #108 *Cordeluna

12.9.15


Olá, olá pessoal!!
Todos bem??!!
Hoje trago para vocês uma resenha literária. Cordeluna foi disponibilizado pela Editora Biruta através de um Book Tour feito com alguns blogueiros, que durou de Setembro/2014 à Agosto/2015. No começo fiquei um pouco receosa com a leitura, por ser um livro mais clássico, uma mistura de épocas, mas posso dizer que não tive problemas em lê-lo e agradeço a Biruta pela oportunidade!! Conheçam, então, um pouco mais de Cordeluna.

Ficha Técnica
Título Original: Cordeluna
Autora: Élia Barceló
Editora: Biruta
Páginas: 312
ISBN: 9788578480813
Preço Sugerido: R$45,00
Skoob.
Goodreads.
Leia um Trecho
.
Compre: Livraria Cultura.

Sinopse: Mil anos atrás, uma história de amor foi interrompida pela desgraça e uma maldição. Um poder tão maligno que tinha conseguido dominar seus espíritos geração após geração. E enquanto isso, os apaixonados esperam... condenados a se reencontrar e voltar a se perder por culpa do ciúme e do ódio. O cavaleiro e a dama. O guerreiro e a donzela. Até que talvez um dia, talvez em nossa época, séculos depois, um poder superior e benigno consiga pôr um fim ao malefício. Apaixonante novela que combina história e fantasia, amor e maldade, bruxaria e religião, criada pela escritora Élia Barceló, conhecida como a “Dama Negra” da literatura espanhola, ganhadora em duas oportunidades do Prêmio Edebé de Romance Juvenil. A história se passa na Idade Média e é muito bem retratada no livro, que destaca costumes e valores da época. As sangrentas guerras entre muçulmanos e cristãos pela expansão e posse de seus domínios. No posfácio, a editora explica os diferentes períodos da História e descreve a fascinante personalidade de El Cid.



Opinião: Cordeluna é um livro dividido em duas épocas, começando no século XI e paralelamente, nos dias atuais. Ambos tendo local na Espanha.

No primeiro tempo, temos Sancho, rapaz dedicado a servir seu senhor, Dom Rodrigo, que foi expulso de sua morada por uma denúncia (falsa) de traição ao Rei. Dom Rodrigo intimado a sair de Burgo, leva consigo seus soldados mais fiéis, dentre eles, Sancho, que antes de partir, recebe de seu pai uma espada mais que especial, Cordeluna, passada de geração para geração, recebida de presente de um mouro. Antes de sua partida para o deserto, Sancho envolveu-se com Brianda, a senhora viúva de Peñalba, porém recusou sua proposta de ser seu companheiro, o que a deixou muito desgostosa, e irá causar grande comoção com o passar dos anos, principalmente pelo fato dele vir a apaixonar-se pela enteada dela, e esse sentimento trará o pior de Brianda durante a narração.

Já na época atual, temos um grupo de jovens atores, dentre eles Glória, Sérgio, Andrés e Sibila e o diretor Bernardino e sua ajudante Barbara. Eles irão remontar a história do século XI de Dom Vivar, Sancho e a história da época. Os ensaios são em Burgo, num antigo mosteiro, onde eles irão experimentar o mundo sem a tecnologia e suas facilidades. E durante esse tempo que passam no mosteiro, algumas coisas estranhas começam a acontecer e eles irão descobrir o verdadeiro mistério por trás da espada e no passado de Sancho.

A divisão de tempos na narração não se dá logo de cara, as cenas dos personagens atuais começam a aparecer alguns capítulos depois do início, e apesar dessa divisão, a autora conseguiu deixar bem específico cada qual, sem haver nenhuma confusão. Com uma escrita mais clássica, ela conseguiu levar ao leitor toda a tensão e loucura dos personagens. Posso dizer que em certos momentos fiquei com tanto medo dos sentimentos deles, que não tinha coragem de avançar na leitura.

Somente no começo da leitura fiquei um pouco confusa por causa dos nomes muito parecidos dos personagens no século XI. A narrativa faz você mergulhar profundamente em cada capítulo, e ficar ansioso(a) pelo próximo. Não costumo ler muitos livros com escrita mais clássica pela minha própria dificuldade de entender e me aprofundar na leitura, mas com Cordeluna não tive esse problema, fui bem envolvida e gostei bastante na maneira como a autora desenrolou a estória.

Nessa leitura encontramos sentimentos de luxúria, amor verdadeiro que ultrapassa a eternidade, ódio descompassado e que leva a loucura, muito sofrimento mas também muita regeneração.

Agradeço novamente a Editora Biruta pela oportunidade de participar do BT e ler esse livro, um estilo diferente do que estou acostumada e que me agradou muito.


Até a Próxima!!
Beijos!!




LEIA TAMBÉM

0 comentários

>> Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!

Mais Lidos

CONTATOS/ANUNCIE

Dúvidas, sugestões, críticas, elogios e outros assuntos: Entre em contato através do formulário na aba Contato

Caso você queira anunciar seu site, produto ou serviço, peça o Media Kit do Cinco das Artes pelo email 5dasartes@gmail.com

ONDE COMPRAR

Seleção de Livros! Clique e confira.

PUBLICIDADE


Tecnologia do Blogger.