Hint Movie #65 *Divergente

8.2.15


Olá, olá pessoal!!
Todos bem??!!
Trago essa resenha hoje pois fiquei muito empolgada ao assistir o filme, e como não consegui fazer na sexta e ontem, não queria esperar até a próxima sexta-feira (hehe). Sendo assim, apresento-lhes o que achei do filme Divergente, lembrando que ainda não tive a oportunidade de ler os livros dessa série, então não faço comparação entre os dois, apenas minha opinião sobre o longa. Confiram ...



Ficha Técnica
Título Original: Divergent
Lançamento: 17/Abril/2014
Direção: Neil Burger
Roteiro: Evan Daugherty e Vanessa Taylor (baseado na obra de Veronica Roth)
Produção: Lucy Fisher, Pouya Shahbazian e Douglas Wick
Duração: 139 min
Gênero: Ação / Aventura / Ficção Científica
Estúdio: Summit Entertainment / Red Wagon Entertainment
Distribuidora: Paris Filmes
Música: Junkie XL
Edição: Richard Francis-Bruce e Nancy Richardson
Site Oficial: http://divergentthemovie.com/
Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Jai Courtney, Miles Teller, Maggie Q, Kate Winslet, Zoë Kravitz entre outros.
Filmow.
IMDB.
Compare e Compre: Buscapé.

Sinopse: Na futurística Chicago, quando a adolescente Beatrice completa 16 anos, ela tem que escolher entre as diferentes facções que a cidade está dividida. Elas são cinco e cada uma representa um valor diferente, como honestidade, generosidade e coragem. Beatrice surpreende a todos e até a si mesma quando decide pela facção dos destemidos, diferente da família. Ao entrar para a Audácia ela torna-se Tris e entra numa jornada para afastar seus medos e descobrir quem é de verdade. Além disso conhece Quatro, rapaz experiente que consegue intrigá-la e encantá-la ao mesmo tempo.

Trailer


Opinião: Local, Chicago. Tempo, vários anos no futuro. Após uma grande destruição, a população restante foi dividida em 5 facções, sendo elas: Abnegação, onde estão aqueles que pensam mais nos outros que em si mesmos. Franqueza, onde estão aqueles que são confiáveis, honestos e trabalham na parte judiciária da cidade. Erudição, é a facção dos inteligentes, que compõem o grupo de professores e pesquisadores. Amizade, são os conselheiros e os que zelam pela compreensão entre todos. E por fim, a facção Audácia, onde estão os bravos e corajosos, encarregados da segurança da população.

Neste momento, temos Beatrice, fazendo parte da Abnegação juntamente com seus pais e irmão. Ao chegar na adolescência eles passam por uma cerimônia onde devem escolher se continuarão no mesmo grupo ou mudarão de facção. Anteriormente, eles devem passar por um teste mental que os ajudará na escolha. Beatrice sempre foi fascinada pelos representantes da Audácia por serem sempre tão alegres e corajosos, e ao ter seu teste inconclusivo, ou seja, seu resultado não foi exato, ela optou por seguir sua intuição ao escolher esse grupo. Ao entrarem no grupo escolhido, os novatos precisam fazer um teste, físico e outro mental no caso da Abnegação, para certificarem-se de que estão aptos para continuar, caso não, viverão junto aos outros Sem Facção, já que não é permitido voltar para a família. Nesse momento, Beatrice escolhe ser chamada de Tris e tenta seu melhor para continuar no grupo (para saber mais, veja o filme).

Eu fiquei com muita dúvida sobre assistir esse filme sem ler o livro e também por não saber se iria gostar da temática, por não ter gostado muito de Jogos Vorazes (livros). Como a oportunidade de assisti-lo apareceu, resolvi dar uma chance mesmo sem o livro lido, e posso dizer que foi bem surpreendente a sensação. Começando pelo elenco, que foi bem escolhido, e que souberam representar seus papéis convincentemente. É possível ver, mesmo que rapidamente, o crescimento da personagem de Shailene, Beatrice. A forma como ela naturalmente encara seus medos e percebe que algo está errado nessa divisão de grupos e também como entende que não pode agir impulsivamente para mudar essa situação.

O clima tenso que decorre no filme foi transmitido com emoção e faz o espectador sentir toda a adrenalina e paixão. São poucos os filmes que me fazem esquecer de tudo, querer saber o que acontece a seguir e torcer por certos personagens, e sim, posso dizer que Divergente me causou essa comoção. A maneira simples e doce como Tris vai ganhando espaço, entendendo o que acontece com si mesma e sabe que precisa proteger sua família com certeza conquista quem está assistindo. 

Ao final do filme fiquei mais do que empolgada para ler a trilogia e saber mais a fundo sobre esse mundo criado pela Veronica Roth, e claro, mais animada ainda para conferir a adaptação de Insurgente que, em Março estreia nos cinemas.


E vocês, já assistiram Divergente?!
O que acharam?
Deixem seus comentários!!


Até a Próxima!!
Beijos!!




LEIA TAMBÉM

0 comentários

>> Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!