Hint Book #101 *Puro Êxtase

21.10.14


Olá, olá pessoal!!!
Todos bem?!
Estou de volta com mais uma resenha para vocês, e como perceberam também não é em vídeo. Como essa semana estou em vésperas de viagem, resolvi deixar a escrita tomar conta de mim novamente, enquanto resolvo os últimos acertos para minha ausência (que será comentada em um vídeo brevemente hehe). Bom, a resenha de agora é do livro da autora parceira Josy Stoque. Puro Êxtase pode te tirar o fôlego e te dar asas (piadinha sem graça hahaha). 


Ficha Técnica
1° Livro da Trilogia: Puro Êxtase
Autora: Josy Stoque
Páginas: 270
Gênero: Ficção/Erótico
ISBN: 9781495429330
Skoob.
Goodreads.
Leia um Trecho.
Compre.

Sinopse: Como você se sentiria se seu relacionamento acabasse depois de dez anos? Sara Mello precisa recomeçar, recuperando o emprego como advogada e os sonhos perdidos. E como se não bastasse a mudança, a vida lhe faz mais uma surpresa através de um estranho em um bar, um convite irrecusável e uma noite inesquecível. Ela vai descobrir que é sexy, sentindo na pele o significado mais profundo do amor próprio. Abra sua mente, liberte suas fantasias mais ousadas e realize tudo o que tiver vontade.


Opinião: Como diz a sinopse, Sara acaba de sair de um casamento de 10 anos, um relacionamento onde ela deu tudo de si e mais um pouco, desfazendo de suas vontades próprias para agradar o companheiro que não soube ou não quis retribuir a altura. Depois do fim, ela ficou completamente no vazio e sem estruturas para reerguer-se, voltou para a casa dos pais sem saber o que fazer. Mas depois de alguns meses percebeu que ficar amargurando não adiantaria em nada, resolvendo então dar a volta por cima e cuidar de si mesma. Conseguiu um cargo novamente como advogada de uma empresa e também começou aproveitar os prazeres da vida, e com isso quero dizer literalmente.

Puro Êxtase é um livro erótico e bem explicito, então caso pretenda lê-lo, tenha certeza de manter sua mente aberta para qualquer situação. Temos aqui a personagem em uma conversa com o leitor, não apenas sua narração, mas como se fosse um bate papo nos mostrando o desenrolar da sua reconquista pela vida, incluindo sim vários detalhes muito íntimos e "travessos".

Uma leitura que flui bem e muito excitante. Com a nova maneira de Sara olhar pela vida, a vemos trabalhando muito para conseguir alcançar um grande objetivo em sua carreira, caminhar dia após dia sem deixar-se abater pelo passado, e quando isso acontecia, percebia que mudar, recomeçar e esquecer é difícil, mas nada é impossível quando se tem força, determinação e boa vontade.

Claro que por ser um livro de temática erótica, em boa parte dele vemos sexo completamente sem preconceitos, amarras e explícito. Por isso que disse mais acima que o leitor deve ter a mente aberta. Uma das mudanças na vida de Sara foi levar sua vida pessoal por um lado diferente, ela decidiu não relacionar-se sentimentalmente com mais ninguém, apenas quis conhecer o que a vida lhe proporcionava de prazer e alegria, sendo assim, durante a narrativa, Sara nos conta um pouco sobre suas aventuras sexuais nem um pouco convencionais.

Tive um pouco de dificuldade para acompanhar a quantidade de parceiros que Sara teve durante esse primeiro livro, e apesar de (particularmente - veja bem, essa é uma opinião pessoal) não achar normal uma mulher sair com tantos caras, posso dizer que foi bem divertido e excitante cada encontro, sem momentos repetitivos e nada de não me toque. Podemos ver em Sara uma mulher segura de si mesmo que não tem medo de tentar coisas novas e entregar-se completamente. Com tanta repressão que temos sobre as mulheres (e sim, apesar de "toda a liberdade" que temos, "igualdade" e etc, ainda acho que a mulher continua sendo tratada apenas como objeto sexual e doméstico), acho que isso é uma atitude libertadora, mas não apenas em relação ao sexo, mas também em relação a ele. Por que uma mulher não poderia fazer todas essas coisas com o seu marido? Ele realmente prefere que sua esposa seja a puritana enquanto ele procura aventuras pagando por isso? Nesse ponto, eu acho que a mulher deve sim ser mais aberta e confiante.

Voltando ao livro hehe ... Independente de sua opinião sobre ter ou não vários parceiros, a partir do momento que você resolve ler Puro Êxtase, com certeza vai entrar no clima da eroticidade e sedução, eu pelo menos entrei. Não concordei muito com a relação de Sara e um dos personagens, Rodrigo, pelo qual a atração parece ser não somente física. Não sei se foi porque ele apareceu muito pouco durante a narrativa, ou porque para mim eles não combinaram, mas talvez a sequência possa quebrar essa minha "insegurança" com esse personagem. Ou não ... isso só lendo para saber.

Não espere grandes momentos de romance e cenas fofas, isso definitivamente não existe em Puro Êxtase. Afinal, Sara está descobrindo-se novamente como mulher forte e independente. Descobrindo o prazer corporal de uma maneira diferente e cada vez mais forte. Está libertando-se de amarras e mágoas do passado para um novo recomeço.

E lembre-se, tudo difere da maneira como se vê as coisas.


Alguém por aí também já leu esse livro? O que achou?
Gostam de literatura erótica?
Nunca leram mas tem curiosidade?
Deixe suas opiniões!!



Até a Próxima!!!
Beijos!!!




LEIA TAMBÉM

2 comentários

  1. Oi, Ka! Sua linda, obrigada pela resenha. Sara é uma personagem controversa, admito! kkkkkkkkkkk Sua visão de mundo muda tão radicalmente que ela se torna uma mulher única, difícil de entender e aceitar, eu sei disso! Eu quis mesmo inovar e até chocar, para mostrar para as mulheres que precisamos ser independentes e seguras, apesar de estarmos com alguém. Que sexo é sim algo bom que todos podem viver intensamente, sem pré-conceitos e frescuras. Não digo para que todas experimentem vários caras como ela fez, mas como você disse na resenha, por que não ser ousada junto com seu parceiro? Experimentar juntos e apimentar a relação pode ser a salvação de um casamento em crise. Afinal, não existe intimidade maior do que o sexo entre um casal e é um ato necessário e natural. Pela primeira vez em literatura, eu falo de relacionamentos de maneira aberta, franca e direta e espero ajudar muitas mulheres a se redescobrirem e se reinventarem em suas relações, como a Sara fez. Sobre o Rodrigo, realmente, os dois não tem nada a ver no livro 1, por isso não ficam juntos, porém, algo nasce ali, de uma forma difícil de controlar. Eles se querem, mas não estão no momento certo para tentar. Ele está tão perdido quanto ela e no livro 2, ele explica tudo isso. Beijos

    ResponderExcluir
  2. irisfigueiredo24/10/14 07:36

    Oi, Ka
    Eu tinha desistido do gênero por que todos que li ultimamente pareciam mais do mesmo e eu sentia falta de um ar fresco, sabe? Algo um pouco diferente. Lendo sua resenha percebi que esse livro tem uma coisa que gosto muito: trata do empoderamento e autodescoberta da personagem, e ela usa o sexo para isso. Achei essa ideia bem legal, talvez leia o livro no futuro :)
    Beijos
    Iris - literalmentefalando.com.br

    ResponderExcluir

Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!