Hint Movie #47 *Os Instrumentos Mortais - Cidade dos Ossos

21.2.14


Olá, olá pessoal!!!
Todos bem??!!
Sei que ando meio ausente com as novidades da indústria cinematográfica, mas o tempo anda meio curto, por isso não trouxe nada muito novo para vocês. Mas hoje, deixo o vazio de lado e trago mais uma resenha de um dos filmes que mal assisti e já se tornou meu favorito!!! Esse é para os fãs de Instrumentos Mortais!!




Ficha Técnica
Título Original: The Mortal Instruments: City Of Bones
Lançamento: Agosto/2013
Direção: Harald Zwart
Roteiro: I. Marlene King e Jessica Postigo (baseado na obra de Cassandra Clare)
Produção: Don Carmody e Robert Kulzer
Duração: 130 min
Gênero: Drama
Estúdio: Constantin Film Produktion / Sony Pictures Entertainment / Unique Features
Distribuidora: Paris Filmes
Música: Atli Örvarsson
Edição: Joel Negron
Elenco: Lily Collins, Jamie Campbell Bower, Kevin Zegers, Jemima West, Robert Sheehan, Jonathan Rhys Meyers entre outros.
Compare e Compre: Buscapé.

Sinopse: Quando sua mãe Jocelyn é atacada e levada de sua casa em Nova York por um demônio, Clary Fray, uma garota aparentemente normal, sai em sua busca em uma Nova York cheia de demônios, magos, fadas, lobisomens e outros seres fantásticos. Para ajudá-la, Clary conta com os amigos Simon e o caçador de demônios Jace Wayland, mas acaba se envolvendo também em uma complicada paixão.

Trailer


Opinião: Assim como o livro, a adaptação cinematográfica nos mostra um novo mundo por trás da humanidade. Clary, que achava ser uma adolescente normal, começa a perceber coisas estranhas acontecendo ao seu redor: um símbolo que ela desenha com muita frequência sem saber pq, um assassinato que ela presenciou em uma casa noturna, sendo que ninguém mais viu nada, e um novo rapaz, que também, somente ela podia ver. Além disso, na noite seguinte ao seu aniversário, sua mãe é raptada e Clary vai precisar da ajuda do seu novo conhecido, Jace, para descobrir quem a levou, e o que significam essas coisas misteriosas.

Vamos tentar não nos prender ao livro, afinal, a maioria das adaptações para o cinema sofrem alterações para que alcance não apenas o público que leu e gosta do livro, mas também outros espectadores. Cidade dos Ossos conseguiu enxugar bem o primeiro livro em pouco mais de 2 horas de filme, apesar das mudanças bruscas, como a idade de Magnus Bane, o primeiro encontro de Clary com Jace, Alec e Isabelle, entre outros detalhes. 

Gostei bastante da adaptação. Consegui captar a emoção de Jace e Clary, aliás ... sem comentários para Jamie, primeiro que nunca teria reconhecido ele da Saga Crepúsculo, se eu não tivesse pesquisado hehe ... segundo que por mais simples que tenham sido as interpretações de cada ator, acho que ele manteve muito bem o papel do Jace, o olhar enigmático e envolvente, achei ele perfeito. Fico feliz que eles tenham escolhi a Lily ao invés da Kristen para o papel de Clary hehe, pelo menos ela tem um pouco mais de expressão e também achei que atuou bem. Os outros personagens apareceram pouco, então ainda não tem como dar uma definição maior. Só achei que a atriz escolhida para fazer o papel da Isabelle tenha ficado um pouco a desejar, pois pelo menos de aparência, no livro, ela demonstra ser deslumbrante ... mas talvez seja falta de costume com a atriz hehe.

Foi um filme emocionante, eu realmente não vi o tempo passar, mesmo sendo mais de 2h de filme. Fiquei muito cativada pela atração entre Jace e Clary, acho que os dois atores se entrosaram muito bem e conseguiram mesmo passar aquela paixão que começa aos poucos e de repente, estamos perdidos hehehe. Como eu já tinha lido o livro, foi mais fácil de entender o filme, imaginar as cenas a seguir, mas pela primeira vez consegui separar as duas coisas. Creio que a base do que Cassandra Clare escreveu foi mantida, eles apenas adaptaram certas coisas, afinal, são muitos detalhes para resumir em 130 minutos hehe, mas não creio que esse primeiro filme tenha deixado a desejar. E o que dizer de Valentim ... adoro o Jonathan, e apesar de ser um papel de vilão, não tenho dúvidas de que nenhum outro ator caberia tão bem no papel. Por falar em beleza, não só o Jon, mas Jamie também está uma gracinha ...

Espero que eu não tenha sido a única fã dos livros Instrumentos Mortais que tenha gostado também da adaptação cinematográfica hehe ... espero que eles consigam finalizar o segundo e que dessa vez tenham mais público para manter a série. Acho interessante a ideia de ver no cinema o que imaginamos na leitura. Sou fissurada por filmes, principalmente os de ação e aventura e afins, então sentir essa vibração e emoção vendo um filme, para mim é muito bom, ainda mais de um enredo que eu já li e adorei :D




Até a Próxima!!!
Beijos!!!




LEIA TAMBÉM

0 comentários

>> Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!