Hint Movie #44 *Conan, o Bárbaro

10.12.13


Olá, olá ...
Como estão todos?!
Ontem o dia foi corrido, por isso não consegui postar nada para vocês ... mas não seja por isso hehe ... trago então uma dica de filme que é mais voltada para o público masculino, mas nada impede das mocinhas curtirem também!!!

Acho que estou "ressuscitando" filmes antigos hehehe ... ontem estava procurando algo de bom na tv, quando me deparei com esse filme, já havia passado uns 5 ou 10 minutos do início, mas resolvi assistir, pois estava com vontade faz um bom tempo. Eu não assisti a versão de 1982, com o Schwarzenegger, pelo menos não que eu me lembre hehehe ... e pelo que vi na sinopse, o enredo dos dois são um pouco diferente. Para quem gosta de filmes de lutas fortes e cheio de ação, fique a vontade para conferir minha opinião sobre Conan, o Bárbaro!! Ah ... pode conter um pequeno spoiler, mas prometo que é apenas do começo do filme!!!



Ficha Técnica
Título Original: Conan the Barbarian
Lançamento: Setembro/2011
Direção: Marcus Nispel
Roteiro: Thomas Dean Donnelly, Joshua Oppenheimer e Sean Hood
Produção: John Baldecchi, Boaz Davidson, Joe Gatta, Avi Lerner, Danny Lerner, Fredrik Malmberg, Henry Winterstern e Les Weldon
Duração: 113 min
Gênero: Ação / Fantasia / Aventura
Estúdio: Nu Image Films / Millennium Films / Cinema Vehicle Services / Paradox Entertainment
Distribuidora: Califórnia Filmes
Música: Tyler Bates
Edição: Ken Blackwell
Elenco: Jason Momoa, Stephen Lang, Rachel Nichols, Ron Perlman, Rose McGowan, Bob Sapp, Leo Howard entre outros.

Sinopse: O grande guerreiro Corin sempre preparou seu filho Conan para ser um legítimo representante dos Cimérios, mas o jovem acabou testemunhando a morte do pai, vítima do terrível Khalar Zym, que usa o sobrenatural na busca incansável pelo poder absoluto e para ressuscitar a esposa. Mas o tempo passou e enquanto ele continua impondo seu reinado de terror, Conan está pronto para vingar a sua gente e, principalmente, a sua família. Só ele pode salvar as nações de Hibória da maldade do exército de Khalar.

Trailer


Opinião: Conan nasceu durante uma guerra, perdeu sua mãe ainda bebê, viu seu pai ser morto por Khalar, um líder poderoso, sanguinário e que tem uma sede incontrolável pelas artes das trevas, principalmente para trazer sua esposa, uma bruxa, de volta a vida. A filha de Khalar, Marique, herdou os poderes da mãe, e assim ajuda seu pai a encontrar o último pedaço da máscara sagrada e a última herdeira de sangue puro para fazerem o feitiço que trará sua mãe de volta. Nosso personagem principal se mostra audacioso, guerreiro e sem medo de matar, desde criança. Um dos momentos onde podemos perceber isso, é logo no começo, quando o pai de Conan, Corin, faz um treinamento com os jovens da aldeia, colocando-lhes um pequeno ovo na boca, e os mesmos tem que correr entre a floresta e retornar com o ovo intacto, para ter o direito de lutar contra os soldados. Porém, sem que eles esperassem, há um ataque dos soldados e Conan é o único que fica para lutar contra eles, retornando para o pai com o ovo e a cabeça de 3 soldados.

Após a morte de seu pai, Conan vaga pelas terras, sem se prender a ninguém, matando os inimigos, roubando e buscando Khalar para vingar-se por todo o mal que lhe fora causado. Claro que ele tem um "fiel escudeiro", Artus, e um grupo de homens que servem-lhe de apoio. Anos depois, durante a sua incessante busca, ele acaba cruzando no caminho dos soldados, e sem muito pensar, parte para o encontro de seu maior inimigo. No meio dessa busca e lutas, ele conhece e resgata Tamara, a herdeira de sangue puro, porém uma mulher determinada, que sabe o que quer e não se deixa ser rebaixada nem comandada. 
"Eu vivo. Eu amo. Eu mato ... Estou contente."
Com um tom de Quentin Tarantino (apesar dele não fazer parte dessa produção), é um filme com bastante sangue, lutas estilo Quentin, com sangue para todo lado, como se fosse água, e uma raiva imensa vinda principalmente de Conan. Não poderia deixar de ser, um filme como esse não pede nada menos do que lutas e buscas e sede de poder. A dose de romance nesse filme é pouca, mas percebe-se a atração entre Conan e Tamara. As atuações são boas. Jason, que interpreta Conan, incorporou nada mais do que um homem marcado pela dor e a procura de sua vingança, sem muitos amores e conversas. Gostei bastante de ver Nonso Anozie como parte do elenco, até então só o conhecia pela série Drácula. Rose, atriz que interpreta Marique, é mais conhecida pela sua atuação em Charmed ou por ter sido namorada de Marilyn Mason ... achei um pouco estranho ela no papel de Marique, mas talvez esse papel realmente combinasse com ela.

A ação do filmes são as lutas entre os soldados e o povo, ou em sua maior parte, entre Conan e os inimigos. Não é um filme cansativo mas também não é uma mega produção Hollywoodiana. Tem uma mistura de A Múmia em alguns detalhes, talvez o enredo não seja inteligentemente elaborado, mas é um filme bacana para curtir uma tarde em casa e relaxar. Eu gostei!!! Acho que os cenários foram bem construídos e o figurino também. A maquiagem, principalmente dos personagens com algum defeito ou "feiura" foi bem feita.



E vocês, já assistiram Conan? A versão mais antiga, essa atual?!
Deixem suas opiniões!!!




Até a Próxima!
Beijos!






LEIA TAMBÉM

3 comentários

  1. Mallu Marinho10/12/13 15:39

    Fico facilmente entediada com esses filmes. Ou acabo desligando a TV ou simplesmente pego no sono, haha.
    Eu acho interessante porque essas histórias são bem ricas, mas a ação, aventura, a história que tem por trás não me convence.

    Mesmo assim, o que vale é a dica, né!

    ResponderExcluir
  2. Eu não assisti nenhuma das versões. Confesso que não é muita minha praia este tipo de filme...

    ResponderExcluir
  3. JessicaLisboa29/12/13 10:51

    Gosto de filmes assim por conta da historia que a por traz do filme sempre me deixam com vontade de saber mais alem do filme.




    xx

    ResponderExcluir

>> Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!