Hint Movie #34 *As Aventuras de Pi

8.4.13


Olá, olá ...
De volta para falar um pouco mais sobre filmes, mas dessa vez não é um lançamento futuro, e sim uma adaptação cinematográfica que jé rendeu mais de R$2.200.000,00 em quatro meses em cartaz no Brasil e mais de U$120.300.000,00 nos Estados Unidos. Apesar de eu não ter conseguido ler primeiramente a obra literária, nem pelas mãos  de Yann Martel, nem pelas do brasileiro Moacyr Scliar, que segundo o próprio teve sua estória plagiada por Yann, tive a oportunidade de assistir o filme em uma das aulas do curso técnico.

Como sempre, Ang Lee nos surpreendendo com sua capacidade de criar um "mundo" mágico e diferente a cada filme que cria. Houveram muitas críticas negativas, mas também positivas ... e hoje estou aqui, para trazer a minha opinião sobre esse filme. Vamos lá?!




Ficha Técnica
Título Original: Life Of Pi
Direção: Ang Lee
Roteiro: David Magee (baseado na obra de Yann Martel)
Produção: Ang Lee, Gil Netter e David Womark
Duração: 127 min
Gênero: Aventura / Drama
Estúdio: Fox 2000 Pictures / Dune Entertainment / Ingenious Media / Haishang Films
Distribuidora: Fox Film
Música: Mychael Danna
Edição: Tim Squyres
Elenco: Suraj Sharma, Irrfan Khan, Tabu, Rafe Spall, Adil Hussain, Gerard Depardieu entre outros.

Sinopse: Pi Patel é filho do dono de um zoológico localizado em Pondicherry, na Índia. Após anos cuidando do negócio, a família decide vender o empreendimento devido à retirada do incentivo dado pela prefeitura local. A ideia é se mudar para o Canadá, onde poderiam vender os animais para reiniciar a vida. Entretanto, o cargueiro onde todos viajam acaba naufragando devido a uma terrível tempestade. Pi consegue sobreviver em um bote salva-vidas, mas precisa dividir o pouco espaço disponível com uma zebra, um orangotango, uma hiena e um tigre de bengala chamado Richard Parker.

Trailer


Opinião: Piscine Molitor Patel é um garoto indiano que vê sua vida virar dos avessos durante uma tempestade no meio do oceano. Apesar da mudança brusca em sua vida, tendo que deixar seus amigos e país onde vive, Pi consegue compreender o motivo da decisão dos pais e encara a partida para a América do Norte como um novo começo. Porém, o que nenhum deles esperava, é que fosse acontecer o acidente com o navio em meio à forte tempestade.

A "aventura" é narrada pelo próprio Piscine, já adulto, a um escritor, onde ele conta um pouco de sua infância, sua crença em três religiões diferentes e a maneira como se manteve forte, tentando encontrar terra firme em um bote salva vidas. Podemos ver a força de vontade de sobreviver de Pi, apesar do medo que sente ao dividir espaço com o tigre. O filme é mais voltado para a parte visual, onde podemos identificar uma variedade de cores e efeitos visuais que chamam a atenção. Durante a viagem de Pi juntamente com o tigre no oceano, existe o fator de tentativa de comunicação e demarcação de territórios e estabelecimento de regras. Pode ser considerado um exemplo de força, fé, poder de liderança e iniciativa de tomadas de atitudes. 

As Aventuras de Pi, é um filme aparentemente calmo, mas com uma visão bem profunda de como às vezes não valorizamos nossas vidas e também como não percebemos a beleza completa da natureza ao nosso redor, por causa da nossa correria do dia-a-dia e próprio egoísmo. Pode parecer estranho (rsrs), mas sim, me emocionei com esse filme. Me lembrou um pouco "Náufrago", mas com um pouco mais de magia. A maior parte do tempo não existem muitas falas ou diálogos, até porque, animais não falam, não é mesmo hehe. Mas só o fato de estabelecer-se um convívio e até carinho sincero entre homem e animal, faz com que as cenas nos emocionem e transmitam tensão e ao mesmo tempo alegria.

Não é um filme para agradar a todos. Cheguei até a ver comentários criticando o filme por "criticar" as religiões, o que em momento nenhum achei verdadeiro. O que podemos notar é que o personagem encontrou em religiões diferentes, maneiras diferentes de se sentir confortado em várias partes de sua vida. O que deu a ele várias maneiras de ter fé e não deixar de acreditar em Deus, apesar da tragédia. 

Talvez o segredo do filme, esteja mesmo na mágica da arte visual. As luzes coloridas, lugares incríveis, efeitos especiais encantadores. Mas a narrativa também merece sua carga de valor, um filme gostoso de assistir, que nos mostra que sempre devemos acreditar ... Para vocês que assistiram ao filme, o que acharam?! Deixem também sua opinião! Se não viu, pretende ver?! Compartilhem suas emoções ou até mesmo indignações hehe ...




PARTICIPEM DO SORTEIO DE MIL SEGUIDORES DO CINCO DAS ARTES E CONCORRA A 5 LIVROS DA EDITORA NOVO CONCEITO!! BASTA CLICAR NO BANNER ABAIXO!!!!

Até a Próxima!
Beijos!




LEIA TAMBÉM

0 comentários

>> Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!