Hint Book #41 *A Cabana

14.10.12


Voltei com mais resenhas pra vcs ... se tudo der certo, postarei 4 resenhas ... já estava na hora, né, de colocar em dia as coisas por aqui ... então vou começar por esse livro que eu era curiosa pra ler há muito tempo mesmo. E felizmente consegui fazer uma troca pelo Skoob para consegui-lo ... e pelos comentários de amigos e conhecidos é um livro muito bem recebido pelos leitores e pelos críticos ... 

Ficha Técnica
Título Original: The Shack
Autor: William P. Young
Editora: Sextante
Lançamento: 2008
Páginas: 240
ISBN: 9788599296363
Skoob.
Primeiro Capítulo.
Compre.

Sinopse: A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta ao cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, "A Cabana" invoca a pergunta: "Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?" As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.




Opinião: Antes de mais nada, quero dizer que as palavras que escreverei aqui são apenas um primeiro impacto que tive ao ler o livro e que essa visão pode ter sofrido influência pelo meu estado emocional. Quando, mais para frente, esse estado passar, pretendo reler o livro e constatar se haverá mudanças na minha opinião.

O livro é narrado por Willie, amigo de Mack e como diz a sinopse, conta a visão de Mack sobre os fatos de um pouco antes, durante e depois do sequestro de sua filha Missy. Logo no começo ele recebe um bilhete com a assinatura "Papai", que é o jeito que sua esposa Nan se refere a Deus. Podemos constatar que Mack não é um homem muito religioso e tenta fazer de tudo pelo bem estar de sua familia, que por sua vez é bem unida, estão sempre fazendo passeios todos juntos, sempre unidos. Mack e Nan tem 5 filhos, dois (meninos) já saíram de casa e dos outros 3 (Josh, Kate e Missy) Kate foi a que mais reagiu com relação ao sequestro de sua irmã mais nova, além da reação de culpa do pai. Para tentar tirar o caso a limpo Mack resolve descobrir quem está por trás do bilhete "anônimo" e acaba tendo momentos que mudam sua maneira de ver e viver sua vida consigo mesmo e com sua familia.

Realmente como muitos dizem é um livro muito emocionante. Ter uma situação dessas na familia não deve ser nada fácil. Muito menos ainda enfrentar seus próprio medos, pensamentos e atitudes. Eu tive um pouco de dificuldade para ler o livro pela maneira que foi escrito. Não que seja uma escrita complexa, mas creio que seja pela narrativa detalhada e profunda. Posso dizer também que um lado de mim ficou profundamente emocionado com o livro, mas a outra parte não. E talvez essa parte que não tenha sido tocada é que está falando mais alto em mim nos últimos tempos. Não que eu seja uma pessoa insensível, que eu sei que não sou ... mas acho que por algum motivo a forma que foi mostrado como Deus gostaria que nós humanos vivêssemos e nos amassemos me incomodou um pouco. Talvez pelo fato de eu ter me identificado um pouco com Mack em certos aspectos, ou pelo fato de saber que algo em nossas vidas está errado e não saber como mudar.

Foi isso que senti com esse livro. Uma narração bonita, dolorosa e inspiradora mas que pode lá no fundo nos trazer um certo incomodo se vc não está preparado ou não consegue mudar esse algo em vc. Com certeza A Cabana pode transformar a vida de qualquer um, e não é preciso ter algum tipo de tragédia similar acontecendo em sua vida. Basta estar aberto a essa visão do amor de Deus. Também não é preciso ser religioso, pois em nenhum momento o autor toma partido de qualquer doutrina. Ele apenas nos mostra um jeito diferente de ver Deus e como podemos tê-lo em nossas vidas.


* A "vontade de poder e independência" se tornou tão disseminada que agora é considerada normal. *


* -Os direitos são o que os sobreviventes procuram para não terem de trabalhar os relacionamentos - interveio ela *






LEIA TAMBÉM

0 comentários

Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!