Oscar - Parte 4

27.2.12

O Brasil também esteve presente na grande festa do Oscar,Carlinhos Brown o músico brasileiro disputa na categoria Melhor Canção Original com Real In Rio, da animação RIO.

O Brasil esteve no Oscar 2012. Carlinhos Brown concorreu ao prêmio máximo do cinema mundial na categoria melhor música original, com a canção da animação Rio.
A indicação do trabalho do músico brasileiro já estava sendo especulada, mas ainda não tinha sido oficialmente confirmada.

A música, chamada Real in Rio, é de autoria de Sérgio Mendes e Carlinhos Brown e diputou o Oscar com a canção Man or Muppet, do filme Os Muppets que levou.

Quem também marcou a festa foi o  ator Sacha Baron Cohen desafia Hollywood vestido de ditador .O ator de 'Borat' tenta espalhar cinzas pelo tapete vermelho.Academia pediu que ele não fosse vestido como seu novo personagem.

Sacha Baron Cohen caracterizado de Ditador no tapete vermelho do Oscar 2012 (Foto: Chris Pizzello/AP)

Caracterizado como o General Aladeen, personagem seu próximo filme, "O Ditador". Assim desfilou pelo tapete vermelho dos prêmios Oscar o ator britânico Sacha Baron Cohen, que desafiou a "sugestão" da Academia de Hollywood que não queria que ele aparecesse vestido assim na festa.

Cohen usava o uniforme branco cheio de condecorações de seu personagem, enorme barba negra e óculos de sol, com uma urna funerária nas mãos que simulava ser a do falecido líder da Coreia do Norte, Kim Jong-il.

Ladeado por duas guarda-costas vestidas com traje militar de minissaia, ele tentou espalhar cinzas da urna pelo tapete, momento no qual foi abordado pelos membros de segurança da festa.

Cohen tinha anunciado sua intenção de chegar à festa vestido como o personagem de seu último trabalho, um líder totalitário que quer impedir que a democracia chegue a seu país.

No entanto, a Academia de Hollywood afirmou que não queria que o ator aparecesse vestido de ditador. Embora sua entrada ao Hollywood & Highland Center não tenha sido proibida, ele foi advertido que não seria bem-vindo.Que situação hein !!
Com elenco e equipe de 'O artista' ao fundo, produtor Thomas Langmann discursa no Oscar após longa vencer o prêmio de melhor filme (Foto: Gary Hershorn/Reuters)
A atração da noite ficou por conta do filme O Artista que levou os principais premios,o longa ganhou cinco prêmios, incluindo melhor filme, diretor e ator.'A invenção de Hugo Cabret' também teve cinco estatuetas, todas técnicas.

A única razão que nos impossilita de considerar o Oscar 2012 como uma cerimônia de sotaque francês é o fato de o principal vencedor ser um filme mudo. De resto, a 84ª edição do evento organizado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, que aconteceu neste domingo (26), colocou em destaque "O artista": confirmando um favoritismo que foi se desenhando ao longo de praticamente todos principais prêmios do cinema internacional nesta temporada, a produção franco-belga levou as estatuetas de melhor filme, diretor (Michel Hazanavicius) e ator (Jean Dujardin). Com dez indicações, levou ainda as distinções de figurino e trilha sonora original.

Embora a conta final em favor de "O artista" não tenha sido propriamente uma surpresa, o princípio desta noite de gala no Hollywood and Highland Center (antigo Kodak Theatre) mostrou-se favorável a outro concorrente de destaque. Nomeado em 11 categorias, "A invenção de Hugo Cabret" surgiu muito bem, ao levar os dois primeiros prêmios: fotografia e direção de arte. O ritmo, no entanto, não se manteve. No desenrolar da sessão, esta primeira incursão de Martin Scorsese pelo 3D conquistou outras três estatuetas - edição de som, mixagem de som e efeitos visuais. Igualou o francês, mas com prêmios usutalmente considerados "técnicos", de menor apelo.


LEIA TAMBÉM

0 comentários

>> Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!