Vamos nos acertar??

28.6.11

Bom dia pessoal,  primeiramente peço desculpas pela ausência ... fiquei um tempo sem internet (assim como a Ka) e não consegui postar de uma outra forma ... mas o importante é que estou (estamos rs) de volta!!!!

E hj venho falar com vocês sobre uma coisa muito importante e às vezes pouco recrutada, ainda mais quando passamos a níveis e companhias maiores, onde o entrosamento é mais que obrigatório, e seu "ajuste" ao resto da companhia tem que ser imediato e seguro, estou falando de entrosamento e sincronismo, muito importante, que depende de muito treino e dedidação de todos os integrantes de uma companhia, vamos lá que o assunto está só começando.


Bem pessoal, vou falar sobre entrosamento, na dança ou em qualquer que seja a aplicação o entrosamento entre os membros de uma equipe é sempre o melhor caminho para chegarmos a um objetivo comum, para poder progredirmos ou até mesmo para nosso relacionamento caminhar por longos anos, mas enfim o que é e como funciona esse tal entrosamento na dança??
Vamos aos esclarecimentos, na dança isso significa muitos pontos em uma competição, uma boa reputação como companhia, um bom nome ao bailarino que consegue incorporar isso fácil, e um ótimo relacionamento como companhia, significa que todos estão pensando como um, que cada um sabe que, ao se virar, terá seu companheiro como apoio para o próximo passo, ou será o apio de outro(s), é poder ter a confiança que o "desenho" da coreografia está se desenvolvendo de acordo com o esperado, e que mesmo que apareçam imprevistos, o grupo que está atuando tem condições de resolver sem maiores problemas.

Vou contar aqui um caso que me aconteceu em um festival e que até hoje fica marcado em minha memória, me lembro que, em uma de minhas apresentações, uma companhia se apresentou antes de nós, porém ao terminarem sua coreografia deixaram um banco que fazia parte de seu cenário no fundo do palco, ao ver aquilo, e pensando nos próximos passos que seriam prejudicados, me veio uma idéia, entrar e fazer alguma coisa, e logo em seguida retirar o banco, mas o que?? A idéia veio, mas a inexperiência como coreógrafo em pensar em algo me faltava, eis que minha coerógrafa me chama e diz "entre, dê um salto em segunda e com uma saída tire o banco de lá", pronto, a solução estava ali, já estava direcionado, me lembro que, ao entrar no palco, corri até o meio como se fosse interagir com alguém, e de repente veio o salto, ninguém se espantou, pois assim que entrei, todos já sentiram que meu objetivo era aquele, e seguiram com a coreografia que, no momento do salto, teve uma brecha aberta, para ressaltar o salto que estava em andamento, depois o espaço fiz fechado para tirar a atenção do banco sendo retirado, isso foi um ótimo entrosamento entre todos da companhia, que, assim que percebemos o banco procuramos uma solução, e quando eu simplesmente "invadi" o palco, mesmo sem saber, todos deram importância e prepararam um monento, de uma certa forma eles imaginaram o que eu ia fazer e prepararam o espaço para que meu salto tivesse o destaque que teve, e depois para minha retirada, isso sem nenhuma combinação, e o mais interessante foi que isso marcou tanto, que nas apresentações futuras cobraram o salto que o garoto havia feito naquela coreografia.

Partimos sempre de exercícios que parecem bobos, mas acreditem valem muito, a contagem do tempo acredito ser a mais importante, pois ja vi casos onde mesmo com subito desaparecimento da música, os bailarinos seguiram com a coreografia, e, após um tempo a musica voltava, no ponto que deveria estar, e a coreografia estava afinadíssima com a música. Daí seguem também exercícios onde colocamos bailarinos para confrontarem idéias, assim se conhecem, aqueles de criarem coreografias, sim também parecem simples, mas quando se colocam alguns graus de exigência, a complexidade das coreografias aumenta e daí vem os conflitos, e com eles, discussões, e dai então os acertos e erros, onde uns aprendem a trocar experiências com os outros e dái vem aquele entrosamento, onde todos passam a conhecer todos, as qualidades que podem exigir, e tambem os defeitos que são auxiliados.
Bem pessoal acredito que tenha esclarecido algumas coisas em relação ao entrosamento, a quem interessar, vejam esse vídeo, onde, mesmo sem usar as pernas, o entrosamento desse casal é muito interessante, bale a pena.
Abraços e até semana que vem.


LEIA TAMBÉM

0 comentários

Bem Vindos! Obrigada Pela Visita! Deixe Seu Recado Que Com Certeza É Muito Importante Para Mim! Volte Sempre!